entre em contato

 

Revistas Neurológicas:

Annals of Neurology

Archives of Neurology

Brain

European  Journal of Neurology

Journal of Neurology, Neurosurgery and Psychiatry

Neurology

Blogs

Cefaléia Poética

Confessions of a Quackbuster

Fibromyalgia & Neurology 

Harvard Neurovista

Neurology Clinical Cases

BrainBlog

Neurowatch

Psychiatry & Neurology

Sarasota Neurology

The Lancet

Endereços importantes

Academia Brasileira de Neurologia

American Academy of Neurology

American Sleep Association

Anvisa

Associação Brasileira de Alzheimer

Associação Brasil Parkinson

Associação Brasileira dos Portadores de Distonia

Associaçãode Portadores de TOC (ASTOC)

Associação Portuguesa de Sono

British Sleep Society

Canadian Sleep Society

Liga Brasileira de Epilepsia (LBE)

Sociedade Brasileira de Cefaléia

Sociedade Brasileira de Sono

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

tontura

Tontura é termo genérico,utilizado universalmente,para definir várias sensações anormais,desde vertigem rotatória até desequilíbrio,passando por sensações anormais várias de cabeça vazia,cabeça pesada,confusão mental,mal-estar geral,sonolência excessiva diurna,depressão leve ou moderada com sintomas corporais de fraqueza e fadiga,desmaios,etc.O neurologista precisa ouvir atentamente a descrição dos sintomas para poder partir para a investigação diagnóstica.

A dificuldade aumenta porque tais pacientes freqüentemente estão em uso de medicamentos com cinarizina e flunarizina,que podem ser úteis na vertigem rotatória de origem no labirinto(canais semicirculares do ouvido interno) mas são absolutamente inúteis em outras situações,podendo ser prejudiciais. Tais medicamentos não devem ser usados por períodos superiores a 3 meses sem supervisão médica, inclusive por induzirem, em algumas pessoas, quadro parkinsoniano, geralmente leve.

Uma vez identificado o real problema que trouxe o paciente ao consultório,prossegue-se na busca da causa para tratamento específico.

Tratando-se de vertigem(sensação de rotação da pessoa ou das coisas em volta,geralmente associadas à mudança de posição do corpo),após o exame neurológico completo,parte-se para o estudo neuro-otológico,com a realização de exames como a veto-nistagmografia,a audiometria ,complementados ,quando necessários pelas radiografias de coluna cervical ou exames de imagem mais detalhados(tomografia,ressonância magnética) do crânio,ou ,especificamente,dos ossos temporais.Com freqüência,consulta-se um especialista chamado Neurotologista ou Otoneurologista.

Se o problema real é desequilíbrio,a causa provavelmente estará localizada no sistema nervoso central.Mais raramente,neuropatias periféricas poderão chamar a atenção para o desequilíbrio,já que geralmente as manifestações privilegiam a força muscular,as sensibilidades e os reflexos.Desequilíbrio é freqüente na população idosa,portadora de doença vascular cerebral e nos portadores de doenças extrapiramidais (Doença de Parkinson,por exemplo).

As demais acepções do termo tontura englobam áreas de confluência neuropsiquiátrica,como as síndromes depressivas, seja em doenças orgânicas do encéfalo, seja sem doença estrutural e devem ser avaliadas conjuntamente por especialistas nestas duas áreas da Medicina

leia mais

Labirintite